WifiLogger, uma alternativa ao Davis Weatherlink IP

Pesquisando na internet sobre data loggers, me deparei com o WifiLogger (WFL) no site da Scaled Instruments e resolvi pesquisar para entender o que seria isto. Trata-se de um data logger alternativo ao Davis Weatherlink IP (WLIP), com o detalhe de ser Wifi, então o console não tem necessidade de ficar junto ao roteador, somente dentro da área de cobertura do sinal Wifi. A promessa é de que o equipamento faça exatamente tudo como um WLIP, inclusive enviar os dados para a rede de estações meteorológicas da Davis, o weatherlink.com. Resolvi testar o equipamento para checar se cumpre o que promete. Além de ser Wifi, o WFL é mais barato que o WLIP ($ 139,00 contra $209,00).

Embalagem do WifiLogger e manual de configuração

Embalagem do WifiLogger e manual de configuração

WifiLogger fora da embalagem

WifiLogger

WifiLogger fora da embalagem

WifiLogger

Primeiramente, deve-se observar que o Firmware do console da Davis deve ser o 1.9 ou superior. 

Para instalar o WFL é basicamente desligar o console, tirar as baterias, conectar o WFL no socket e ligar o console novamente.

WifiLogger conectado no console da Davis Vantage Vue

WifiLogger conectado no console da Davis Vantage Vue

Em seguida apertar o botão branco que fica na parte de trás do WFL e aguarda 20s. O próximo passo é pressionar o botão vermelho por 3s e soltar. Então com um celular ou notebook, conectar na rede Wifi “WiFiLoggerSetup”. No navegador deve-se acessar o endereço “HTTP://192.168.4.1″, configurar o WFL para acessar a sua Wifi (Muito fácil, só colocar o nome da rede e a senha). Pronto, conectado na Wifi e pronto para enviar os dados para Wunderground, Weatherlink.com, pwsweather.com, AWEKAS, CWOP e mais outras redes de estações meteorológicas, além de exportar os dados via FTP em formato CSV. Também pode ser configurado para trabalhar com softwares como o Cumulus, WeatherLink, Weather Display ou outro qualquer com conexão TCP.

A cada atualização do Firmware serão acrescentadas novas funcionalidades, então é importante verificar qual a versão que o equipamento tem e se estiver desatualizado, atualizar para usufruir das novas funcionalidades. Detalhe, para enviar os dados para o WL.com é só gerar um DID e Key dentro da sua conta grátis e informar estes dados no setup do WFL. Abaixo a tela do WFL:

Tela inicial do WifiLogger

Tela inicial do WifiLogger

Bom, tudo configurado, os dados começaram a ser enviados para o Wunderground e Weatherlink.com no teste que fiz. É possível escolher a frequência de envio, para o Weatherlink.com até 1 min e no Wunderground existe a opção Rapid fire, que atualiza em segundos.

Deixei a estação funcionando e então resolvi fazer um teste de falha de conexão da internet. Levei o console para fora da área de alcance do sinal wifi e a estação ficou offline. Deixei uma tarde inteira. Vejam abaixo o gráfico do Wunderground:

Gráfico do Wunderground durante o teste de falha de conexão de internet

Gráfico do Wunderground durante o teste de falha de conexão de internet

Qunaod aproximei o console estação da área de alcance do sinal Wifi, voltou a reportar automaticamente. Mas aí vem o principal objetivo do teste. E os dados do Weatherlink.com, será que também foram perdidos?

Relatório do Weatherlink.com durante o teste de falha de conexão de internet

Relatório do Weatherlink.com durante o teste de falha de conexão de internet

Não! Vejam a temperatura máxima. Foi no horário que a estação estava offline. Logo que retomou a conexão, o WifiLogger enviou os dados para o Weatherlink.com.

Resolvi conferir se conseguiria baixar os dados pelo software do Weatherlink:

Gráficos do Weatherlink no teste de falha de conexão de internet

Gráficos do Weatherlink no teste de falha de conexão de internet

Nada foi perdido. Só para constar, fiz o download dos dados do Weatherlink remotamente, fora da rede local.

Resumo: O WifiLogger faz exatamente tudo que o Weatherlink IP faz, com a vantage de ser Wifi e custar menos, ou seja, excelente opção!

E o mais legal de tudo, o desenvolvedor já está trabalhando numa nova versão que será compatível com GSM, então será possível instalar estações meteorológicas da Davis com um custo muito menor em qualquer local que tenha sinal de celular!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *